Skip to content

Desabafos pós morte

Não sei bem qual é a dor de estar vivo. Sinto-a. Vivo. O movimento acaba por ser inerente a minha vontade, não se trata de seguir em frente. Segue-se para os lados, para cima e para baixo. Somos polivalentes. Plurais. Racionais. Talvez seja esse nosso eterno erro.

2 Comments

  1. Ai!…. (10 minutos de reflexão para mim!)
    só vc mesmo eim Leco;
    =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.