Sem categoria

Uma carta para o ano que vem.

Existem pessoas e situações que te gritam cheque. Estes fazem movimento na vida, a essência sutil e tênue da vida. Penso em alternativas que impeçam o mate.

Ralamos muito ao longo das nossas vidas, vidas consumidas em anos. Anos que voam muito nos dias de hoje, dizem os jornais, mas acho que sempre foi assim. Estes anos sempre passaram rápidos, nós é que dávamos menos valor a isso.

Quando você começa a perceber as folhas caindo como em um outono acobreado, você se percebe maduro e amadurecendo. Como uma boa garrafa de vinho é necessário tempo para ficar pronta e completar um brunt sofisticado, seguido de uma textura cheia de personalidade. O mundo é governado por sábios.

Evoluir, se tornar melhor, viver… Não é uma questão de ser bom ou mal, de fazer é coisa certa. Não sei se as nuvens no céu tem este preço de benevolências, mas penso no quão fantástico um ser humano pode se tornar. Deixar sua marca no mundo não é fácil, minha avó não lançou livro, filmes, receitas. Mas meu mundo se encontra repleto de suas marcas e histórias.

São essas as peças que contam, passei por muita coisa assim como a todos durante este 2011 e gostaria de aprender ainda mais o valor do silêncio. Namastê.

Liniers Macanudo

One Comment

  1. tocante… demais… minha avó também não fez nada de "fantástico", mas é tão importante na minha vida, na formação de quem eu acabei sendo… como tantas outras pessoas. como tantas outras marcas deixadas em mim…
    e esse seu blog tá cada vez mais lindo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *