Cartola


foto Isaias Mattos
Ainda é cedo, e da janela vejo o horizonte contornando os prédios e os morros da cidade. Penso que mal conheço a vida e já sai por aí sem ao menos saber o rumo que irei tomar.

Presto atenção, mesmo sabendo que estou resolvido, pois em cada esquina é possível se perder. Talvez seja a forma desse mundo moinho me mostrar que sonhos só se transformam em realidade após muita luta, caso ao contrário essas ilusões são reduzidas a pó.

Só espero não deixar de crer no amor, pois com o tempo só se herda o cinismo, até que se percebe em um abismo, que cavastes com os próprios pés. 

*Um tributo a Cartola.

2 Comments

  1. Só se herda o cinismo, em todas as suas variantes! ^^

  2. li… reli… não tô conseguindo parar de reler… lindo demais!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.